Com Crianças, Destinos, Europa

Paris com crianças

23 de julho de 2017

contrucoes-paris

Paris é uma cidade deliciosa para se visitar com crianças! Esta nossa última viagem foi a terceira ida com o Gui e a primeira com o Bê. Sempre vou embora de Paris pensando em quando vamos voltar e como amamos conhecer diferentes regiões na França, começar a viagem com alguns dias matando a saudade desta cidade linda é sempre uma ótima opção e foi o que fizemos há algumas semanas atrás antes de começar a explorar a região da Normandia.

Fomos de Londres para Paris de trem – Eurostar – que eu considero uma opção super conveniente. Falei um pouquinho mais dessa experiência no post sobre o nosso roteiro pela Normandia.

Chegamos em Paris em uma sexta feira no final do dia na Gare do Nord e como pegaríamos nosso carro alugado 2 dias depois nesta mesma estação resolvemos experimentar uma nova área para se hospedar. Geralmente gostamos de ficar no Marais ou Quartier Latin, dessa vez ficamos entre a região da Ópera e Montmartre e amamos! Além de super conveniente na nossa chegada e saída da cidade essa região é super bohemia com muitos bares e restaurantes interessantes. Outra coisa legal foi sentir um pouquinho da vida local na área durante o final de semana, muitas Boulangeries e franceses circulando com as suas baguetes na mão! kkkk

O hotel que ficamos foi o 3 Poussins, adorei! Quarto triplo que ficou super confortável para nós 4, uma caminha extra para o Gui e o berço do Bê. Adoramos a decoração, localização e o Gui as balinhas de gelatina que dificilmente sobravam depois de cada passagem dele pela recepção!

hotel-3poussins-paris

Na sexta a noite fomos jantar em um restaurante próximo do Hotel o Les Apôtres de Pigalle, tipo um bar de tapas. Foi muuuito bem atendidos, o que faz uma diferença enorme quando você chega em um restaurante pequenininho meio intimista, em uma sexta feira a noite com uma criança e um bebê! Foi um ótimo começo para os nossos dias em Paris, tapas deliciosas e uma taça de vinho excelente. 🙂

lesapotresdepigalle-paris-restaurante

restaurante-tapas-paris

No sábado nosso dia foi bem cheio! Começamos o dia no Café Angelina que fica na Rue de Rivoli. Eu tinha feito reserva mas nós perdemos o horário, ops! Chegamos lá tinha uma fila mas que andou super rápido porque o café é bem grande! Tomamos o famoso chocolate quente que é realmente um dos melhores que eu já provei, bem grossinho e sem ser muito doce! Comemos também um croque-monsieur e uma torta Frasier que estava bem gostosa!

cafe-angelina-paris

doces-angelina-paris

chocolate-quente-angelina-paris

Depois do café fomos para a Rua St Honoré – paralela a Rivoli – que é cheia de lojas legais! Uma que eu adoro visitar é a Colette, que é uma multi marcas sempre com novidades. Recentemente vi no Instagram que eles vão fechar em dezembro deste ano, fiquei arrasada! rs Então se você for a Paris antes não deixe de conferir!

colette-paris

De lá fomos passear um pouco pelo Jardin de Tuleries que ficava também bem pertinho e é super bonito. Desde vez, e acho que sempre no verão, tinha um parque de diversões instalado mas acabou não dando tempo de ir.

jardin-tulerie-paris

Parte da nossa tarde passamos visitando o Museu D’Orsay que ainda não conhecíamos. A construção em que hoje funciona o museu era um antiga estação de trem e sua arquitetura é linda, para mim só isso já valeria a visita! Entre as coleções de arte, artistas famosos como Monet, Van Gogh, Cézanne, Renoir, Delacroix, entre muitos outros.

museu-dorsay-paris

museu-dorsay

be-dorsay-paris

E no final do nosso dia não poderíamos deixar de ir até a Torre Eiffel! Passando pelo Trocadero e depois no Champ de mars. Dessa vez não queríamos nos aventurar pelas escadarias do Trocadero com o carrinho dos meninos e ai descobrimos que tem um caminho super tranquilo por um parque que fica a direita do Trocadero em direção a Torre, muito tranquilo!

Uma dica de restaurante ali perto é o Carette, uma patisserie, salão de chá, restaurante, café, como você preferir chamar! Com as tradicionais mesinhas do lado de fora com todas as cadeiras de frente para a rua, para sentar e relaxar um pouquinho! Os macarons de lá são super famosos também, tem quem diga que são melhores que os da Ladurée, mas eu não tenho certeza!

No caminho entre o Trocadero e o Champ de mars tem mais de um Carroussel, são super charmosos bem embaixo da torre. Gui ama!

carroussel-torre-eiffel-paris

Para ficar apreciando a torre nada como fazer um picnic e tomar um vinhozinho ali esparramado no gramado do Champ de mars, dos passeios clichés mais deliciosos que existem! E para quem está com crianças, do lado direito da torre tem um playground que fica meio escondido e que é ótimo! Por falar nisso, prefiram os gramados laterais pois tem muito menos ambulantes e seu picnic fica bem mais tranquilo e gostoso.

torre-eiffel-paris

No domingo depois de tomar café fomos até a Galeria Lafayette que estava em liquidação, ou seja, lotada! Ou seja não duramos muito tempo lá!

galeria-lafayete-paris

Nosso almoço foi uma delícia no restaurante Le relais de l’entrecote, quem mora no Rio de Janeiro ou em São Paulo, provavelmente conhece o L’Entrecôte de Paris, então esse restaurante provavelmente foi o que inspirou essas versões brasileiras. Apenas um prato, o corte especial de carne com batatas fritas e um molho divino de mostarda e ervas. A versão original em Paris é simplesmente divina! Eles tem três endereços diferentes na cidade, nós fomos no de Saint German pois de lá fizemos uma caminhada até o Jardin de Luxemburgo.

lerelaisdeleentrecote-paris

entrecote-batata-frita-paris

O Jardin de Luxemburgo para mim é um dos lugares mais lindos em Paris. Adoro esse parque! Lá tem um playground, que é pago mas é bem baratinho entre 1 e 2 euros por pessoa. Foi uma dificuldade para convencer o Gui a sair de lá.

jardin-luxemburgo

jardin-luxemburgo-playground-paris

Olhando as fotos da nossa viagem para Paris há 2 anos atrás encontrei fotos do Gui no mesmo brinquedo neste parque e morri de amor!! S2 Como cresceu meu gordinho!

gui-playground-luxemburgo-paris

playground-luxemburgo

E nosso último passeio antes de ir buscar o carro e cair na estrada foi em mais uma área da cidade que achamos muito especial a Ile de St Louis, não sem antes dar uma passadinha pela Catedral de Notre Dame que também é linda demais.

notre-dame-paris

A Ile de St Louis é super pequenininha, mas um passeio pela sua rua central é suficiente para garantir experiências deliciosas. Lá você encontra uma lojinha da Cure Gourmande que vende bolinhos, madeleines, caramelos, chocolates, além de linda! Não consigo passar por uma loja dessas sem comprar as amêndoas cobertas de chocolate que imitam azeitonas, OMG!

lacuregourmande

Outra tentação da Ile de St Louis é o sorvete Berthillon, que é vendido em diferentes lugares além da loja própria deles. Por isso não perca tempo na fila que sempre fica na primeira lojinha que aparece logo na entrada da ilha, a maioria das pessoas deve achar que só vende lá! Mas assim que você entra na rua principal tem pelo menos mais um três lugares para você tomar sorvete tranquilamente.

sorvete-ile-stlouis-berthillon-paris

E um dos nossos programas favoritos que fizemos apenas parcialmente dessa última vez é comprar uma baguete em uma boulangerie nessa ruazinha principal da ilha que fica do lado de uma loja pequenininha de queijos. E é claro, depois comprar uns bons pedaços de queijo para acompanhar. Em frente a boulangerie e a loja de queijos tem um mercadinho para finalizar a compra com um bom vinho! Eles vendem copinhos ou garrafas pequenas meio individuais então só depende mesmo da sua disposição! As margens da ilha tem cantinhos ótimos para fazer um picnic, com vista para o sena e para os fundos da Notre Dame. Para a gente esse é um programão! Dessa vez não deu porque estávamos atrasados para pegar o carro e o Flavio ia dirigir, então a baguete e o queijo foram o lanchinho do caminho e o vinho teve que ficar para quando chegássemos em Rouen mesmo!

boulangerie-stlouis

Antes da nossa volta para Londres no final da viagem tivemos alguma horinhas em Paris e resolvemos passar no Le Bon Marché que é uma mega loja de departamento que tem uma mercado enorme de comidas que se chama La Grande Épicerie de Paris. Ficamos nos perguntando durante um tempo como que a gente ainda não conhecia aquele lugar! Maravilhoso! Eu e Flavio definitivamente não temos maturidade para esse tipo de lugar, o subsolo só de vinhos e outras bebidas. Além de muita variedade de produtos eles oferecem também muitos pães e comidas frescas, saímos de lá cheios de sacolas para o nosso ‘jantar’ durante a viagem de volta. Definitivamente quando voltarmos a Paris vamos voltar lá com mais calma.

le-bon-marche-paris

vinhos-epicerie-marche-paris

***Passeios legais com crianças que fizemos em outras passagens pela cidade***

– Bate e volta na Euro Disney
Gui tinha um pouco mais de um ano e eu fiquei um pouco na dúvida se valeria a pena levá-lo naquela época. Acabamos resolvendo ir e eu me apaixonei pelo parque! É uma versão menor do original em Orlando o que faz com que seja mais apropriado para crianças menores e com várias opções de brinquedos que ele já pode aproveitar, sem contar a parada no final do dia que ele AMOU! No final achei que valeu bastante a pena, nós três nos divertimos muito.

eurodisney-parque

– Picnic na Place des Vosges
A Place des Vosges fica no bairro de Marais e é a praça planejada mais antiga de Paris. Para a gente é uma das mais bonitas! Ela é relativamente pequena, cercada por construções super clássicas que hoje são na sua maioria prédios residenciais. Os gramados são convidativos principalmente nos dias de sol! A praça tem alguns ‘tanques’ com areia para crianças que são ótimos. Gui fez alguns amiguinhos por lá!

place-des-vosges-paris

– Jardin d’acclimatation
O Jardin d’acclimatation é um parque delicioso que é de fácil acesso pelo metro (pela linha 1 seguir até a estação “Les Sablons”). Além do parque em sí, são muitas as atrações para os pequenos: passeios de barco, trenzinho, parque de águas, workshops e muitas outras atividades dependendo da época. Quando fomos com o Gui estava bem quente ainda no início do verão, ele aproveitou demais a parte do parque de águas! Ainda bem que fomos preparados com uma roupinha extra!

jardin-acclimatation-paris

0 Comentários
Deixe seu comentário