Europa, Gastronomia, Restaurantes

Bath para Foodies, os restaurantes que mais gostamos na cidade!

02 de setembro de 2017

Bath é uma cidade apaixonante por alguns motivos como arquitetura, história e gastronomia. Para nós que gostamos de um bom restaurante os 4 dias que passamos na cidade foram pouco para todos os lugares que queríamos conhecer!

Vou começar a lista com duas opções de café da manhã ou brunch, uma opção de chá da tarde bem tradicional e depois alguns restaurantes para almoço ou jantar. Todos testados e super aprovados!

Boston Tea Party

Geralmente chegamos nas cidades que vamos visitar já com uma listinha com várias opções de restaurantes para experimentar, algumas reservas e deixamos espaço também para descobrir alguns lugares na hora durante os nossos passeios. O Boston Tea Party foi uma dessas surpresinhas! Ele ficava super próximo do nosso hotel e não resistimos, tomamos um café da manhã delicioso por lá!

cafe-da-manha-boston-tea-party

cafe-panqueca-granola-bosto-tea-party-bath

O salão do restaurante é bem grande, cheio de plantas que fazem você se sentir meio que em uma chácara! Nós fizemos uma festa, iogurte com granola, croque monsieur, panquecas, torradas, geleias, estava tudo muito gostoso e começamos nosso dia com o pé direito!

boston-tea-party-bath

Eles tem vários restaurantes espalhados por algumas cidades inglesas, quando visitarmos alguma delas eu com certeza quero outro café da manhã desse! Confira no site: Boston Tea Party.

Cafe Lucca no The Loft

the-loft-bath

O Cafe Lucca fica dentro de uma loja multi marcas, a The Loft. Além de um café da manhã delicioso com um dos melhores capuccinos que já tomei, amo quando vem assim bem cheio de chocolate!

capuccino-lucca-cafe-bath

Pedimos uma tábua de café da manhã que vinha com ovos cozidos com queijo gratinado, um sanduíche de bacon e fechamos com um bolo de laranja divino. Para mim um dia que começa assim não tem como não ser bom! 🙂

cafe-da-manha-lucca-bath

Aproveitamos para dar uma volta pela loja que tinha várias coisas legais, especialmente de decoração.

Mais informações no site: The Loft – Cafe Lucca.

Chá da Tarde no The Pump Room

the-pump-room-bath

Bem do lado das históricas ruinas das Termas Romanas fica o Pump Room que hoje funciona como casa de chá. Depois de um dia batendo perna pela cidade, paramos lá para um chá da tarde bem gostoso. Nós reservamos para garantir e de fato o salão estava cheio.

salao-pump-room-cha-da-tarde

Eu adoro essa tradição de chá da tarde, os mini sanduíches, o scone (um coisa meio pão meio muffin) com creme e geléia e é claro os docinhos no final!

cha-da-tarde-pump-room-bath

Como nós ainda iríamos jantar neste dia – não poderíamos perder nenhuma oportunidade! – resolvemos dividir um ‘chá da tarde’ que é bem servido e funcionou como um lanche.

Para mais informações e reservas: The Pump Room.

Clayton’s Kitchen

claytons-kitchen-bath

Foi no Clayton’s Kitchen o nosso primeiro jantar em Bath, começamos muito bem! O restaurante é comandado pelo chef Rob Clayton que já ganhou estrela Michelin e fica em uma casinha pequena e super fofa perto do centro da cidade.

O cardápio não é muito extenso e muda de acordo com as estações. O estilo é uma mistura de influências mediterrâneas e cozinha francesa moderna.

Começamos com uma burrata de entrada que acompanhava tomates, ervas e nozes pecam, experimentamos um peixe com aspargos e um prato vegetariano que era um mil folhas de abobrinha que estava simplesmente delicioso! Sim… um mil folhas de abobrinha e eu amei!

jantar-claytons-bath

mil-folhas-abobrinha-claytons-bath

A sobremesa fechou com chave de ouro, pedimos um stick toffe pudding, que é um bolinho bem focinho e molhadinho de caramelo. Uma recordação perfeita desse jantar!

sobremesa-claytons-bath

Para conferir o cardápio da estação e fazer reservas, principalmente para o jantar a reserva é essencial, acesse o site: Clayton’s Kitchen.

Olive Tree

O Olive Tree era o restaurante do nosso hotel que estava super bem avaliado nas nossas pesquisas. Mesmo hospedados no hotel tivemos que reservar! Eles tem um menu degustação mas como reservamos no último horário para maximizar as chances do Gui já estar dormindo não dava mais tempo de pedir o menu degustação. OBS: O Gui acabou não dormindo antes do jantar, mas ele já tinha jantado e se comportou direitinho!

Amo esses restaurantes que oferecem um pãozinho feito na casa quentinho mesmo sem você pedir nada só para começar bem a sua experiência. Adoro um pão, fazer o que?

Pedimos de entrada um lagostim e prato principal foram dois peixes.

lagostim-olive-tree-bath

A sobremesa foi uma esfera de chocolate com mousse de laranja e gengibre.

esfera-chocolate-olive-tree

No Olive Tree também é recomendável reservar, principalmente se for para jantar; Olive Tree.

The Real Italian Pizza

Quem acompanha a gente por aqui sabe que somos apaixonados por pizza! E no domingo que foi o dia mais cheio da viagem precisávamos comer alguma coisa mais rápida entre o teatrinho de marionetes e o nosso tour para Stonehenge. Resolvemos experimentar a The Real Italian Pizza.

Comemos uma bruschetta de queijo de cabra, calzone e pizza de parma. É tudo feito no forno a lenha e estava bem gostoso!

bruschetta-queijo-cabra-italian-pizza

pizza-parma-bath

The Mint room

Também temos um fraco por comida asiática especialmente thailandesa e indiana. O The Mint room é um indiano chique! Pedimos um dos nossos pratos preferidos que é o Tikka masala e para o Gui o Butter Chicken, que ela ama e eu acho o máximo ele já curtir essas comidas mais diferentes com a gente!

the-mint-room-indiano-bath

As sobremesas de lá surpreenderam! Eu adoro o kulfi que é um sorvete meio diferente geralmente de pistache. Lá tinha de pistache, açafrão e cardamomo. Além disso pedimos também um gula jamun que é uma sobremesa super típica feita a base de leite que eu amo!

kulfi-the-mint-room-indiano-bath

gulab-jamun-mint-room-bath

O The Mint Room fica um pouquinho mais afastado do centro de Bath mas valeu cada minuto da caminhada que fizemos até lá!

Acorn Vegetarian Kitchen

entrada-acorn-veg-kitchen-bath

Estamos longe de ser vegetarianos apesar de simpatizar bastante com a causa, os benefícios a saúde e os sabores de uma boa cozinha vegetariana. O Acorn foi um desses restaurantes que lembram que eu seria capaz de sobreviver feliz sem carne, pelo menos por um bom tempo!

O cardápio lá também varia de acordo com as estações sempre priorizando os melhores ingredientes para cada época do ano.

Nos comemos de entrada uns cubinhos de polenta, um risoto de abóbora com brócolis outro de couve flor com alho poró. Todos maravilhosos!

risoto-acorn-kitchen-bath

almoco-acorn-kitchen-vegetariano

De sobremesa um flan de chocolate branco com sorvete de beterraba, super diferente e gostoso!

sobremesa-acorn-kitchen-bath

O Acorn é bem no centrinho da cidade e micro, por isso precisa reservar mesmo que seja no almoço.

Sally Lunn’s Brioche

Os super brioches da Sally Luns são super famosos na cidade, provavelmente você vai ser uma filinha básica na porta do restaurante na maior parte do dia.

sally-luns-brioche-bath

Caso não esteja com muita paciência para a fila como foi o nosso caso, você tem a opção de comprar os pães para viagem. No subsolo do restaurante funciona uma lojinha que vende os brioches em caixas lindas e umas manteigas especiais, eu comprei a de canela que ficou uma delícia no brioche quentinho!

Confira no site Sally Lunn’s um pouquinho mais da história desse brioche famoso!

1 Comentário
Deixe seu comentário
1 Comentário
  1. Maria Elizabeth de Souza Beiriz    06/09/2017 - 15h15

    Fotos lindas ! Todas as dicas maravilhosas !