Com Crianças, Destinos, Europa

Viagem pela Normandia

27 de julho de 2017

passeios-honfleur-franca

Depois de 2 dias em Paris, começamos a nossa viagem de carro pela Normandia! O principal foco da viagem era o Mont Saint Michel, mas acabamos descobrindo nas nossas pesquisas várias cidades interessantes para conhecer no caminho saindo de Paris!

Neste post falo um pouco das cidades que visitamos e seus principais atrativos. Para ver como montamos o roteiro e quanto tempo em cada lugar, veja este outro post aqui.

Rouen

centro-historico-rouen-normandia

Nossa primeira base para a viagem de carro pelo Norte da França foi Rouen que é a capital da Normandia. Ela fica localizada a menos de 150 km de Paris e é super acessível também de trem, o que faz dela também uma boa opção para um passeio bate e volta saindo de Paris.

A cidade medieval tem um centro histórico lindo! Dá para explorar tudo em um dia tranquilamente.

praca-mercado-antigo-rouen

Começamos o nosso passeio pela praça do ‘mercado antigo’ (vieux marché) que é um dos pontos mais conhecidos da cidade por ter sido o local onde foi executada Joanna D’arc, famosa e heroína francesa. Hoje no local pode-se visitar uma igreja construída em sua homenagem que tem uma arquitetura um tanto diferente quando olhamos em volta todas aquelas casinhas de madeira medievais. Nesta praça acontece um mercado de produtores locais todos os dias da semana exceto as segundas feiras, que foi quando passamos por lá. Uma pena! Adoramos um mercadinho.

cafe-rouen-normandia

O gostoso de passear por Rouen é se perder pelas ruazinhas do centro histórico, parar para tomar um café ou um sorvetinho! Isso funciona bastante para a gente viajando com crianças, apesar de ter dias bem cheios com muitas programações não curtimos o ritmo acelerado o tempo todo.

centro-rouen-normandia-franca

Em uma das ruas mais movimentadas do centro a Rua Gros-Horloge fica instalado o famoso relógio astronômico da cidade. De lá você pode caminhar até a Catedral de Rouen que para mim é uma das atrações imperdíveis na cidade. Construção impressionante no estilo gótico, linda!

catedral-rouen-normandia

catedral-rouen-franca

Étretat

falesias-etretat-franca

A pequena cidade de Étretat já foi uma ilha de pescadores e hoje se sustenta basicamente do turismo. A principal atração da região são as paisagens maravilhosas das Falésias nas suas praias que não a toa foram tema de algumas pinturas de Monet.

falesias-praia-etretat-franca

O vilarejo permanece bem pequeno até hoje com apenas uma rua principal, algumas opções de hotel e restaurantes. A principal atração em Étretat além de apreciar as falésias é fazer as trilhas que levam até os mirantes para ver a paisagem de diferentes ângulos. Por mais que as trilhas parecessem ser tranquilas achamos um pouco demais para nossa atual condição com uma criança e um mini bebê, então ficamos só pela praia mesmo o que já foi incrível!

praia-etretat

O visual ganha disparado da praia em si que pelo menos quando visitamos estava com mar meio agitado, água gelada e pedrinhas ao invés de areia. Se a ideia é curtir uma praia siga viagem até Trouville e Deauville.

vista-falesias-etretat-franca-normandia

Étretat era uma das cidades que ficou bem mais fácil incluir no roteiro estando de carro. É possível ir de trem e ônibus também, mas ai a melhor opção seria ir de Paris para Caen e de lá para Étretat.

Honfleur

porto-antigo-honfleur-franca

Honfluer foi a nossa segunda cidade ‘base’ e de fato é uma ótima opção para explorar a região e visitar cidades próximas como Le Havre, Deauville e Trouville.

Também é uma cidade bem pequena e gostosa que por ficar num balneário a cerca de apenas 200km de Paris acaba sendo um dos destinos de final de semana preferidos dos franceses.

cafe-da-manha-porto-honfleur

A principal atração da cidade é o Porto de Vieux Bassin, o antigo porto com vários barcos charmosos aportados e as casinhas germinadas no fundo. O Porto é cheio de cafés e restaurantes ideal para dependendo da hora do dia tomar um café ou um vinho e aproveitar para apreciar a vista. Pelo que observamos o forte de todos os restaurantes ali por aquela área era a vista! Para comer alguma que saia do ‘moules frites’ (mexilhão com batatas) sugerimos seguir para outras ruas.

Ali perto uma boa opção para quem gosta das típicas galeses francesas – crepes feitos com trigo sarraceno – é a Creperie des Arts. Como comemos esse tipo de crepe durante essa viagem! rsrs Ainda bem que gostamos bastante! Os restaurantes costumam fechar cedo, em torno das 21/22h mesmo durante o verão que é a época mais movimentada. Por isso fique atento para não ter que ‘ser obrigado’ a sentar em qualquer lugar.

casinhas-honfleur-franca

Atrás do porto fica a parte mais antiga da cidade que pode ser explorada tranquilamente a pé em uma manhã ou tarde. Aliais, mesmo se estiver de carro deixe ele de lado porque ficar procurando lugar para estacionar no centrinho não é uma tarefa muito fácil principalmente se você visitar a cidade durante um final de semana. Não deixe de provar os caramelos, são muitas lojinhas e o Calvado que é uma bebida alcóolica feita a base de maça e super típica da região.

Deauville e Trouville

trouville-praia-normandia-franca

Essas duas cidades vizinhas são mais opções de balneário francês de final de semana. Elas ficam super próximo de Honfleur.

praia-trouville-franca

Trouville tem uma praia grande, faixa de areia enorme cheia de ‘mini clubes’: estruturas com restaurantes, banheiros, parquinhos para criança, campo de bocha e até passeios de pônei! kkkkkk Na rua em frente, muitos cafés e sorveterias. A gente se sentiu dentro de um filme vintage, era tudo bem engraçado! A maioria das pessoas que estavam na praia ficavam tão longe do mar que deviam até esquecer que estavam na praia! Eu pelo menos gosto de ficar bem grudadinha no mar e fiquei com vontade de pegar uma praia em Trouville mas não rolou dessa vez! O centro da cidade fica concentrado na rua paralela a da praia, com hotéis e restaurantes.

trouville-normandia

Deauville, a vizinha, também é uma cidade de praia mas em um estilo diferente. A praia é dividida por vários resorts, mas mesmo quem não está hospedado em um deles pode frequentar a maioria dos espaços em um esquema de ‘day use’ como nossa ideia não era ficar muito tempo em praia acabamos não indo a nenhum. Achei Trouville mais democrática e simpática. Talvez se tivesse visitado algum dos resorts minha opinião seria outra.

Beuvron en auge

beavronenauge-normandia

Beuvron en auge é uma micro cidade que mais parece cenário de filme. Foi a menor cidade que visitamos, na verdade uma parada relativamente rápida no caminho de Honfleur para Caen. Valeu a pena de tão linda! Passeamos um pouquinho pela sua rua principal e seguimos viagem.

beuvronenauge-franca

Caen e Praias da Normandia

Omaha-praia-normandia-franca

Nossa passagem por Caen se resumiu na verdade a visita ao Museu/ Memorial da Segunda Guerra. Quando o Flavio sugeriu incluir esse Museu eu fiquei um pouco na dúvida porque apesar de adorar história não curto muito o tema… mas acabou sendo um dia super interessante, ficamos no museu muito mais tempo do que imaginávamos!

memorial-normandia-caen

A primeira área de visita apresenta um panorama da Europa pós primeira Guerra, cenário e conflitos que iriam acabar resultando na segunda!

memorial-2aguerra-caen

Tem uma área só sobre a Batalha da Normandia e o famoso dia D! O filme O Resgate do Soldado Ryan tem uma cena incrível sobre o dia D e a chegada das tropas aliadas nas praias da costa da Normandia. O museu conta também com um bunker real na parte subterrânea que foi usado na guerra.

E o último destaque do museu vai para a ‘nursery’/ espaço infantil, cheio de brinquedos e com pessoas para ‘supervisionar’ as crianças. Você deixa o seu telefone e fica com um crachá para facilitar a identificação pelos funcionários do museu no caso de alguma emergência. O Gui ficou lá horas brincando e no final eu achei até melhor mesmo para ele, que está muito pequeno ainda para ficar vendo tantas cenas de guerra. Levamos ele para ver a parte dos aviões e pronto ele já amou o museu! rs Já o Bê atualmente ainda é bem tranquilo de gerenciar, praticamente todo o tempo dormindo no sling!

E o mais legal foi ter deixado para visitar algumas das praias do dia D depois do museu e ter relembrado toda essa história!

Omaha-beach-normandia

Antes de seguir viagem para St Malo passamos pela Omaha Beach e ‘Point du Hoc’.

Em ‘Point du Hoc’ a área entre o museu da guerra e o mar é cheia de rateras por ter sido uma das áreas mais bombardeadas. Impressionante!

point-du-hoc-normandia

***

No próximo post os passeios continuam já pelos lados da Bretanha! 🙂

0 Comentários
Deixe seu comentário